ANÚNCIOS

Empréstimo Pessoal: Saiba como contratar em 5 etapas

Conheça os cinco passos que farão com que você tome a melhor decisão ao contratar o seu empréstimo pessoal

emprestimo
Fonte: Google
ANÚNCIOS

O primeiro ponto a se discutir quando se pretende contratar um empréstimo, é entender seu funcionamento, de forma que contratação seja feita de forma consciente e de maneira saudável. O empréstimo pessoal é para pessoas, sejam elas pessoas físicas ou jurídicas que pretendem contrair um crédito pessoal para diversas necessidades. Atualmente, as facilidades de contratação de um empréstimo pessoal têm levado a vários consumidores e contratarem o serviço financeiro, para as mais variadas necessidades. Seja para as férias em família, na troca do carro novo, para reformar a sua casa, etc. Por isso, qualquer que seja o destino que será dado ao montante adquirido é importante tomar alguns cuidados para que você tome a melhor decisão.

Qual o conceito de empréstimo?

O conceito de empréstimo pessoal está associado ao montante de dinheiro que o indivíduo, seja ele pessoa física ou pessoa jurídica, recebe de uma organização financeira e que deve ser restituída em um determinado período de tempo, já combinado previamente. Este procedimento é levando em conta uma taxa de juros.

Todo acordo acontece no momento inicial da negociação, antes do indivíduo pegar o dinheiro em mãos. As clausulas contratuais são imutáveis, ou seja, não podem ter alteração sem aviso prévio, durante toda a vigência do empréstimo. A rigidez do contrato pode ser algo beneficio ao consumidor, que saberá com definição o que será acordado, evitando grandes surpresas, como também pode ser um vilão em alguns casos.

Como em situações que diariamente várias pessoas acabam passando, ao assinar um contrato sem ler “as letras miúdas” e acabar não se atentando a todas as clausulas contratuais. Por isso é importante ter muito cuidado ao decidir contratar um empréstimo.

O empréstimo pessoal é fornecido geralmente por uma instituição financeira, banco físico, banco digital, financeiras entre outros. Geralmente, são empresas com atividades relacionadas ao segmento financeiro, com CNPJ ativo. Este inclusive é um detalhe que merece destaque! O cliente antes mesmo de realizar uma simulação com uma empresa (muitas vezes na simulação é necessário fornecer os seus dados pessoais) deve realizar uma breve pesquisa sobre o número de CNPJ da empresa, e verificar no site da receita federal se ela está ativa. Infelizmente, se tratando de dinheiro, muitas pessoas ainda caem em golpes na internet, e acabam fornecendo os seus dados para empresas que não são idôneas.

ANÚNCIOS

Quais são os tipos de empréstimo disponíveis?

O empréstimo possui diferentes categorias, a primeira delas é que os empréstimos estão entre 2 opções para pessoas físicas ou pessoas
jurídicas. Iremos focar neste artigo, nos empréstimos dedicados as pessoas físicas, a sociedade em geral. Para as pessoas físicas, temos as três opções mais comum de se adquirir um empréstimo pessoal, veja quais são elas:

  • Empréstimo Pessoal: Onde o solicitante precisa do dinheiro em espécie, para que ele faça o destino ideal da quantia.
  • Financiamento: Onde o solicitante precisa da posse do bem, podendo ser uma casa, automóvel, terreno, sitio, apartamento, entre outros. O solicitante não recebe o valor do bem em dinheiro em mãos. Assim, ele recebe o crédito referente ao valor total do patrimônio que poderá ser pago em parcelas.
  • Crédito consignado: Neste caso o solicitante deverá ser aposentado, pensionista do Inss ou servidor público. É necessário que ele receba seus proventos de órgão governamental ou INSS. Uma vez que o valor obtido como crédito (sendo ele no formato de empréstimo ou financiamento) será descontado diretamente em sua folha de pagamento.

Agora que você já sabe o que é o empréstimo e suas diferentes modalidades de contratação, veja abaixo os cinco passos necessários que você deverá passar para contrair o seu empréstimo. De maneira a tomar a melhor decisão e aproveitando a melhor oportunidade.

1º passo: Saiba qual é a sua pontuação de Score

Apesar de ser uma ferramenta disponibilizada a bastante tempo, algumas pessoas ainda não sabem, que é possível saber qual a sua pontuação no
Serasa. O Score nada mais é, do que um índice feito pelo Serasa, que mostra aos bancos e instituições financeiras se você é ou não um bom pagador.

Ele cruza uma série de informações bancárias, associadas a receita federal, que conseguem mensurar como anda a sua saúde financeira. Se você tem pago as suas contas em dia, se o seu nome está incluso no SPC ou Serasa. Vê ainda se possui cheques sem fundos, ou ainda se consulta o seu nome em diversos lugares, na tentativa de contratar um crédito pessoal. É importante manter o seu nome limpo e cuidar das suas finanças para que o seu índice esteja alto ou no mínimo satisfatório.

2º passo: Tenha em mente qual o valor contratado e faça simulações

As vezes a pessoa está tão focada em contrair um empréstimo, que se esquece de uma regra básica: a consulta! Não se esqueça de realizar várias simulações em diversas empresas. De maneira a verificar qual apresenta a melhor proposta. Neste caso tome sempre como base a taxa de juros embutida no empréstimo.

ANÚNCIOS

Outra dica de ouro, é que tenha em mente um valor de contratação condizente com os seus ganhos. Estas financeiras sabem exatamente quanto do seu rendimento mensal pode ser empregado no pagamento de um empréstimo sem que haja comprometimento do seu orçamento. Por isso, seja honesto e solicite uma quantia que não irá te deixar com aperto financeiro futuramente.

3º passo: Procure a instituição financeira que tenha boa reputação no mercado

Hoje com o acesso a internet, a informação está disponível para todos, basta procurar. Antes de contratar um empréstimo faça uma rápida busca em nome da empresa. Para isso, levante o número do seu CNPJ e verifique no site da receita federal se está ativo. Além disso, veja se os dados apresentados em seu site, por exemplo são os mesmos do cartão de CNPJ. Por fim, faça também uma busca do nome da empresa em redes sociais e sites oficiais, como o reclame aqui. E então, veja a reputação desta empresa, se existem muitas reclamações, ou se os consumidores em geral se agradam dos serviços oferecidos.

4º passo: Use o seu bem como garantia para conseguir boas taxas de empréstimo

Empréstimos que possuem um bem como garantia tem grandes chances de obter aprovação ou ainda, contam com as melhores e mais baixas taxas de juros. Isso acontece, porque a chance de inadimplência de um empréstimo, onde o solicitante dá o bem como garantia é muito baixa. Nesse sentido, na pior das hipóteses o banco não ficará no prejuízo.

5º passo: Não se esqueça de fazer anualmente a declaração do imposto de renda

emprestimo
Fonte: Google

É sempre importante para a sua saúde financeira agir com transparência com a receita federal. Por isso, tenha o hábito de sempre entregar as suas declarações anuais de imposto de renda. Além disso, ser transparente no momento de informar quais são os seus bens e rendimentos. Ademais, não correr o risco de “ser pego pela malha fina” e ter que pagar multas e juros. Assim, você ainda pode aumentar as chances de obter aprovação na contratação do empréstimo.

Gostou deste artigo?

Se você curtiu o nosso conteúdo, compartilhe com seus familiares e amigos para que eles também possam ter acesso a esta matéria. E então, saibam a melhor maneira para se contratar um empréstimo.

ANÚNCIOS

Dicas
Unop
Empréstimo Pessoal: Saiba como contratar em 5 etapas!
Conheça os cinco passos que farão com que você tome a melhor decisão ao contratar o seu empréstimo pessoal.
Saiba mais Você permanecerá no site atual
ANÚNCIOS

0